COMO A AUTOMAÇÃO PODE SALVAR VIDAS EM CASOS DE INCÊNDIO

A automação pode ser decisiva para evacuar locais e garantir a segurança de todos os envolvidos; a tecnologia pode salvar vidas em situações de emergência.
automacao2

Publicado originalmente em 21 de setembro de 2017

 Prédios e instalações comerciais precisam estar sempre atentos para o risco de incêndio.Falta de manutenção da rede elétrica, negligência de riscos, questões climáticas, etc., podem ser fatores de risco. Locais com alta circulação de pessoas, como edifícios, indústrias, universidades, hospitais e shoppings são especialmente sensíveis, pois precisam de estratégias bem desenhadas para evacuar as instalações de forma ordenada e segura. 

Por isso, sistemas de automação integrados com alarmes de incêndio vêm sendo cada vez mais vistos como a solução para uma resposta rápida e eficiente em situações de emergência. A automação permite o gerenciamento de vários sistemas, como controles de acesso, sistemas de segurança, dispositivos contra incêndio, sistemas elétricos, hidráulicos, mecânicos, de ar-condicionado e iluminação.

Dessa forma, ao receber informação de detectores de incêndios, sistemas inteligentes podem acionar rapidamente uma série de dispositivos, medidas e procedimentos para combater situações críticas, protegendo pessoas e salvando vidas. Veja a seguir o que pode ser automatizado.

Acionamento de sistemas multimídia

Sistemas de áudio e telas alertam e orientam sobre como as pessoas devem proceder em caso de emergência. Informam sobre ativação do sistema e indicam rotas de fuga.

Alerta para Brigada de Incêndio

Os brigadistas são alertados imediatamente na hora da detecção e atuam nos processos de evacuação de emergência, prestação de socorro e primeiros socorros. O alerta pode valer tanto para a Brigada de Incêndio quanto para a Brigada de Emergência. 

Liberação automática dos acessos

Portas e catracas são automaticamente abertas ou destravadas, uma medida fundamental para que as pessoas possam utilizar as rotas de fuga disponíveis.

Desligamento do ar-condicionado

Evita a expansão da fumaça pelos tubos do ar-condicionado e sua dispersão por outros andares ainda não atingidos pelo fogo.

Automação dos sistemas de ventilação e gás

Fechamento automático dos sistemas, como precaução para não alimentar as chamas e eliminar o risco de explosões.

Envio de todos os elevadores para o térreo

Evita que as pessoas utilizem o elevador para a fuga.

Monitoramento do sistema de combate a incêndio

Controla o sistema de saída de água de sprinklers e verifica se o sistema está em funcionamento.

^